Centro Náutico de Algés

O novo Centro Náutico de Algés iniciou nos últimos dias a sua atividade, recebendo as primeiras embarcações para trabalhos de manutenção e reparações. Este equipamento náutico é gerido pela entidade criada em conjunto pela Marina de Lagos / MSF e Sopromar, vencedora do concurso público promovido pela Administração do Porto de Lisboa (APL) em 2011 para a construção e gestão do Centro Náutico de Algés em regime de concessão por 27 anos.


O valor do investimento em curso é de 2,7 milhões de euros, estimando-se a criação de 40 postos de trabalho, quando estiver em plena atividade. O Centro Náutico de Algés visa dar resposta a todas as necessidades das embarcações de recreio no estuário do Tejo e todas as que passam anualmente ao largo da nossa costa. Os serviços incluem, entre outros, o estacionamento de embarcações a seco, carpintaria, serralharia, fibra, eletrónica, e rigging.

Uma vez em pleno funcionamento, o Centro Náutico de Algés terá uma lotação de 300 embarcações a seco, dispondo desde já de uma rampa de acesso e de um travel lift para retirar as embarcações do rio.

De momento em instalações provisórias, o Centro Náutico funcionará num edifício de dois pisos, com oficinas, loja náutica, centro de formação, balneários e escritórios.

O novo edifício tem o início da construção previsto para o primeiro semestre de 2012.